quarta-feira, novembro 19


trago na memória dados
tragados e perdidos lagos
repare, bárbara,
desencontros costuram cismas

de ambos os lados.

trazes na lembrança faltas
anseios e metais em riste
repare, bárbara,
é sina demasiada árdua

de ambos os lados.

conforme a perspectiva
descobrir que o lado
é o possí­vel imaginado
e nunca o alinhavado

não há ambos, apenas lado.

um. e o olhar, bárbara,
é o traidor deslavado.
finge, negaceia,
mas se entrega em palavras

as não ditas. pensadas.

em síntese é assunto acabado,
quando a memória é evocada.

esther


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Ontem foi um dia atípico neste meu singelo cantinho. Tive visitas de várias partes do mundo!!!!
India
Peru
Netherlands (Países Baixos)
Portugal
Estados Unidos
Venezuela
Arábia Saudita
sem contar os brasileiros, claro.
Brasileiros e portugueses costumam visitar-se, não é novidade para mim. Mas o resto deste povo que chegou até aqui, veio atrás do que? Pelo "search" de fotos? ao acaso???
Noooossa, curiosidade mata!




2 comentários:

acqua disse...

Oras, com toda certeza vieram atrás da magia que há nesse cantinho que nos permite exatamente isso, uma pausa e uma respiração lenta que nos envolve e abraça...
Abraços meus

Anne disse...

kkk e como mata guria!
amei a photo.....a imensidão do mar....a vida presa num barbante...simplesmente amei.
bju gde.
www.pecadoenaoamar.blogspot.com