sábado, fevereiro 23

Em tempo de OSCAR e T.O.C's


a imprensa nos bombardeia ad nauseum com informações sobre este e aquele filme, atriz, ator, atriz/ator coadjuvante e ainda recordam filmes premiados em edições anteriores. Filmes com altas produções até as badaladas produções independentes. Daí que lembraram do Pequena Miss Sunshine.
Na época, lembro que pessoas conhecidas insistiram e insistiram que não perdesse...
Well, rendi-me e lá me fui eu.
O-DI-EI o filme.
Um velho filho-da-mãe, ( aliás, o ganhador do OSCAR de melhor ator) de mal com o mundo, frustrado, resolve usar sua neta - uma menina inocente - para dar um tapa na cara e escandalizar a sociedade americana, cujos valores ele contestava. Aliás, ele tinha razão. Mas daí a usar uma criança?????? Fiquei tão indignada que tudo que eu queria era sair da sala de projeção.
Não fosse o resto da família, completamente desajustada que, com o rolar da história acaba se encontrando e acertando as diferenças, eu teria ficando ainda mais injuriada, pois foi o que salvou o filme. Situações engraçadíssimas.
Tenho, portanto, um pé atrás com "oscarizados".
Prefiro histórias comoventes como
O Caçador de Pipas (uma das cenas ilustra esta postagem) Recomendo o livro e o fime. O livro, principalmente.
Ah, e leve lencinhos de papel pois vais chorar, ah vais!
Sob pena de ter que sair do cinema com óculos escuros pra dar aquela disfarçadinha básica.










... e o objetivo primeiro, que era encontrar um modelito CD, acabou ficando em segundo plano pois descobri estes reflexos nos vidros dos carros! Afinal, meu T.O.C tem lá seu lado positivo.
;o)


Um comentário:

Lih Figueiredo disse...

Eu tbem não gostei tanto assim do Pequena Miss Sunshine, apesar de ter curtido o humor negro e ter me identificado com um ou outro personagem vez em qdo...rs
Agora o caçador de pipas me encantou, a cada capitulo do livro eu queria mais e mais, me apaixonei pelo estilo de Khaled, o filme deixou um tanto a desejar, mas é sempre assim é impossível conseguir representar tanta riqueza de detalhes em tão pouco tempo, a leitura é muito melhor, cada um visualiza de uma maneira diferente e fica difícil agradar a todos, mas em suma foi bem emocionante.
Meninaaa amei essas fotos...geniais...
Beijão, amei sua visita.