sábado, setembro 27

Namoro esta janela há tempos

... sempre pelo lado de fora, imaginando o quanto de beleza eu perdia por não poder vê-la do lado de dentro.

Pois consegui entrar! A casa está em reformas e pude comprovar tudo o que imaginava:

4 comentários:

Aline Christal disse...

Oi Liz, tudo bom???
Seu bog é tão sereno sempre...adorei encontrá-lo.

Sempre fui apaixonada por vitrais, e o lado de dentro é sempre surpreendente.

Namastê.

Sergio LdS disse...

Liz, janela possui um "quê" de poesia. Essa das fotos é uma viagem. Nem precisaria abri-la. Fico imaginando os vitrais com outras luzes projetadas do lado de fora.
Grande abraço.

Marcelo Amorim disse...

Suas fotos acabam de botar abaixo um versinho que escrevi tempos atrás ;-)

janela só é janela
se nela tem alguém
olhando por ela

oh my! disse...

Que feio, Marcelo!

Vou confessar que sou LOUCA por janelas. Aonde vou, fotografo janelas. Acho que elas tem um "Q" de mistério e de história para contar. Sabe-se lá quem está por trás delas..., sabe-se lá quem desenhou, quem pintou e o que pensavam na altura, enfim, sabe-se lá o que se passa..., gosto de imaginar!

Beijos e obrigada pela visita no Mai Gode, always welcome :)