quinta-feira, setembro 25

Foto: Pixdaus


Me pegue pela cintura
Me puxe pelo braço
Me arraste porta afora
Mas não me invada assim
.
Me faça um convite desajeitado
Me deixe em dúvida
Me ponha em xeque
Me deixe achar
Mas não se arrisque demais
.
Me mostre um pouquinho de nada
Me esconda o principal
Me deixe desvendar
Me conte uma bobagem
Me conte de você
Mas não diga tudo de vez
.
Me dê um sorriso apressado
Me olhe de um jeito seu
Me tire a escolha
Me estanque a fala
Me encabule
Me tome
Mas não me assuste
.
Esbarre em mim por querer
E sem querer me tire do lugar

Fernanda

2 comentários:

Wilson Guanais disse...

olá, vim agradecer o presente, e deixar um forte abraço.

Jake disse...

Tudo que precisamos no "as vezes"..

Beijo