terça-feira, setembro 16

Eu tô toda prosa. Assim, sem mais nem menos, Adelaide Amorim, uma poeta/escritora de mão cheia, uma amiga blogueira, indicou este meu cantinho, junto com outros para receber o PREMIO DARDOS, no seu Umbigo do Sonho


“Com o Prêmio Dardos, se reconhecem os valores que cada blogueiro mostra cada dia em seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. , que em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras.



Quando penso que o objetivo de meu blog era e ainda é usar a poesia para exorcizar meus fantasmas, acalentar sonhos e sei lá mais quantas intenções ocultas que ainda não descobri... Tô eu aqui, quietinha no meu canto, usando a poesia de muitos para fazer minhas as palavras que me faltam - sim, porque ser poeta é privilégio de poucos - vendo a brincadeira tornar-se um hábito do qual não consigo abrir mão e enfrentando o desafio diário de encontrar a poesia certa para o estado de ânimo do meu dia. Nesta caça ao tesouro descobri um sem-fim de poetas incríveis, e uma prosa maravilhosa. Ser blogueira é um vício, uma cachaça cuja ressaca, resulta nesta surpresa: ver seu exercício de exorcização e criatividade ser premiado.

Valeu mesmo!!
Estou de queixo caído!





3 comentários:

acqua disse...

Pois não deveria ficar, seu blog é um delírio que nos alcança e merece sim ser lembrado sempre. Gosto dessa combinação de cores, imagens, luzes que você nos permite em cada post.
Abraços meus

Jake disse...

Concordo com a acqua aí de cima.

Bm gosto não se discute, e nem espanta.
Parabénsão!

Beijos

Marcelo Amorim disse...

Mais do que merecida a citação do seu blog, Liz. Agora, respondendo seu comentário de hoje quanto ao meu aniversário, o motivo foi que precisei ficar trabalhando até 3 da manhã! A galera foi pro bar e eu não :-( Mas tudo bem, ano que vem tem mais :-) Beijo!