quinta-feira, agosto 16


(...)
Sem medo de ser feliz
vou por aqui e por ali...
Por onde os caminhos,
as trilhas,
os atalhos me levarem ,
traçando meu rumo.

Às vezes com alguma tristeza
mas quem disse que felicidade
é o contrário de tristeza?
Tristeza é só uma momentânea
falta de alegria!

É, amigo, amanhã é sempre um novo dia
e quando a infelicidade
passar por aqui,
minhas malas estarão prontas
para eu ir por ali.

Carlos Drummond de Andrade

Um comentário:

JG disse...

Carlos Drumond, há dias encontrei-o no calçadão de Copacabana. Cumprimentei-o mas ele ficou mudo. Não me reconheceu.

Se ele soubesse quanto amo o que escreveu, acho que tinha sorrido.

Bom fim de semana desde Lisboa