sábado, abril 26


idílio

Entre notícias antigas e muralhas

construí com você
um amor feito alucinadamente de palavras
Meus versos seduzem os seus
seus versos aliciam os meus
Coloquei nossos livros juntos na estante
para que se toquem
e se amem clandestinamente
durante as madrugadas

(Iracema Macedo)





3 comentários:

Miguel Barroso disse...

palavras para quê? belo!

A SEIVA

Sabrina disse...

Oi Liz, obrigada pela visista no Suspiro!
Também gostei muito daqui, e voltarei sempre.
:)
um beijo!

Carlos Lopes disse...

Que maravilha!