quarta-feira, setembro 26
















dentro de mim
morreram muito tigres

os que ficaram
no entanto

são livres


(lau siqueira em "poesia sim"
http://www.lausiqueira.blogger.com.br/)


Um comentário:

adelaide amorim disse...

Um bom poema do Lau. Engraçado, acho que nunca tinha lido um texto dele. Beijo.