quarta-feira, julho 11

















Tela: Chaves da casa (1999)
Ernesto Frederico Scheffel
(pintor gaúcho - 1927/ Campo Bom)


Tudo estranhamente perfeito.
Estranho.
Procuro sinais.
Espreito as esquinas, levanto os tapetes, procuro indícios.
Pode ser tudo apenas cenário.
Temporário.

(Lucia Silva)


Um comentário:

adelaide amorim disse...

Olá, Liz!
Gosto desse poema e não conhecia a autora. Os poetas proliferam nesta era de prosaísmo ululante.

Postei a citação de Rosa que você fez aqui no dia 5 lá no Umbigo do sonho. Espero que você não se incomode, viu?

Um beijo.