terça-feira, fevereiro 6




De tudo fica o encanto
e o não querer dissipá-lo

uma distância que nos pune
e o medo que nos abarca, esse halo

farpado que nos oprime

Nada mais. Nem a cor, o perfume.
(talvez ainda um calo, um coto) .

Sobre o luar paira um manto
- um álibi encobre o crime

trevas, o sentimento morto.
De tudo fica o encanto.

(O sentimento Morto
- José Carlos Aragão em, Poemas no ônibus)

Um comentário:

Desejo disse...

girassóis com poesia. não preciso de mais nada :)