quinta-feira, fevereiro 19


da próxima vez

não faça cerimônia

não deixe barato

da próxima vez

junte pedaço

por pedaço

me olhe por inteiro


sem embaraço


(arrudA)



4 comentários:

Georgio Rios disse...

Ser pleno...Em tudo. Que bela composição.

Cynthia Lopes disse...

Ah, os poetas e seu desafio de falar das mesmas coisas de um jeito todo particular! Belíssimo...

Imaginario disse...

te felicito por lo que escribir, saludos y nos seguimos leyendo belissimo.. mouto bonito :)

Ricardo Kersting disse...

Oi Liz

Gostei muito da foto! Parece uma pintura abstrata, semicerrando os olhos fica mais evidente ainda...
A palavra também muito bonita e..
Receptiva apesar de não saber de quem é..
Abração..

Faz tempo que a gente "nunca" conversa né?