quinta-feira, janeiro 25
















Um inferno tem mais
realidade do que o paraíso.
Voltar atrás é impossível
a quem se prende
na fugacidade das tarefas.
Ir adiante é impossível,
sem a comoção que conturbe
e desagrade a continuidade das horas

Por que a culpa do que não foi vivido
é maior do que a culpa do que aconteceu?

O que é imortal não tem passado.

(Carpinejar, em COMO NO CÉU)

e eu pergunto:
Por que a culpa do que aconteceu
é maior daquela que nem vivida foi?

2 comentários:

.:Då§:.:Rø§å§:. disse...

Liz,

Adorei a fotografia!

Quanto ao seu e-mail falando do macaquinho, eu recebi e só não consegui responder!
O sono da grávida deve ser abençoado duplamente por Morfeu... Valha-me Deus!

Eu adorei as fotos e o presente será muito muito muito bem vindo!

Terei o maior prazer de colocá-lo no meu filhote!

Obrigada sempre por sua amizade e por seu carinho, agora "por nós"!

Um beijo enormeeeeeeeeeeeee

.:Då§:.:Rø§å§:. disse...

Ah... Quanto a culpa:

Na psicologia falamos que todo prazer vem acompanhado de uma culpa.

As pessoas não sabem lidar com alguns sentimentos...

Daí talvez a culpa do não vivido seja maior: culpa pelo que poderia ter sido bom e a culpa por não ter vivido o que poderia ser bom...

Ahhhhh Complicado isso!